Por Milícia Em Igreja

CNBB abre Curso gratuito sobre a CF 2019 - “Fraternidade e Políticas Públicas”

Confira o método pedagógico e prévia dos assuntos trabalhados nas aulas


CNBB
CNBB
Confira o método pedagógico e prévia dos assuntos trabalhados nas aulas


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disponibiliza para os cristãos, por meio da Edições CNBB, o curso “Campanha da Fraternidade 2019”. O roteiro pedagógico é organizado em três aulas que seguem os três momentos contemplados pelo método utilizado pela Igreja no Brasil: ver, julgar e agir.

O primeiro vídeo fala sobre o primeiro passo “ver”. Padre Paulo Renato, assessor político da CNBB, retoma o conceito de políticas públicas, expresso no texto base. “São ações e programas que são desenvolvidos pelo Estado para garantir e colocar em prática direitos que são previstos na Constituição Federal e em outras leis”, explica.

Além de esclarecer o que são políticas públicas, o sacerdote faz uma distinção entre “Estado”, composto pelos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, e “governo”, autoridade que faz a gestão do Estado em determinado período. Desta diferenciação, padre Paulo Renato ainda disse que existem “políticas públicas” de Estado e políticas de governo.

O assessor político da CNBB, na primeira aula, fala também sobre o ciclo das políticas públicas, que vai da identificação do problema, passa por sua entrada na agenda pública e formulação da política pública propriamente dita com sua implementação e avaliação. São feitas também distinções entre a democracia representativa e participativa, previstas na Constituição Federal. O religioso chama a atenção para a importância da participação em conselhos e outros espaços de gestão democrática previstas no processo das políticas públicas.

Direito e Justiça – Na segunda aula do curso, que corresponde ao momento do “julgar”, padre Paulo Renato trata da inspiração bíblica da CF 2019 extraída do livro de Isaías capítulo 1, versículo 27: “Será libertado pelo direito e pela Justiça”.

“Ao olhar para a realidade é difícil acreditar na justiça e no direito, mas o cristão se inspira em Jesus e em seus sinais de vida para superar as dificuldades”, disse.

O padre Paulo Renato evidencia também como a Doutrina Social da Igreja Católica, fruto de séculos de reflexão e sistematização do magistério da Igreja, pode auxiliar a iluminar o papel dos cristãos no campo das políticas públicas.

Na última aula, o padre Paulo Renato fala das pistas de ação incentivadas pelo texto base. A primeira delas é a indissociável separação entre fé e vida. “A fé precisa se manifestar em ações concretas”, disse.

O religioso explica que o texto base motiva a participação na vida da Igreja e na sociedade. Um ponto que ressaltou do texto base é o “humanismo solidário”. “Tudo isto’, reflete o padre, busca levar à construção do bem comum”.

O curso é gratuito. Para conferir, basta acessar o blog da Edições CNBB (https://edicoescnbb.blog) e abrir a aba “Materiais”, onde será possível preencher um breve cadastro e ver o material.


Com informações da CNBB.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Milícia, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.