Por Silvia Cunha Em Igreja Atualizada em 10 JAN 2019 - 13H25

Convocado um Fórum Internacional da juventude

Em junho, evento trata da recepção e continuação do caminho sinodal


Vatican News
Vatican News
Em junho, evento trata da recepção e continuação do caminho sinodal


Próximo da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, de 22 a 27 de janeiro de 2019, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida anuncia uma ação ligada à recepção do Sínodo dos Bispos sobre os jovens, à fé e o discernimento vocacional.

A última exortação apostólica do Papa Francisco “Episcopalis Communio” (15 de setembro de 2018) prevê, além da fase preparatória (art. 5-10) e celebrativa (art. 11-18), uma fase de implementação da Assembleia do Sínodo (art. 19-21). Esta última fase refere-se à aceitação e realização das conclusões da Assembleia, que devem ser realizadas tanto pelas Igrejas particulares como pelas Conferências Episcopais, e pelos organismos da Cúria Romana, competentes no tema do Sínodo.

De acordo com seu Estatuto, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida “Manifesta especial preocupação da Igreja para os jovens, promovendo o seu papel em meio aos desafios do mundo de hoje. Apoia as iniciativas do Santo Padre no campo da pastoral juvenil e está a serviço das Conferências Episcopais, movimentos e associações juvenis internacionais, promovendo sua colaboração e organizando reuniões em nível internacional. Uma das principais tarefas da sua atividade é a preparação das Jornadas Mundiais da Juventude.” (art. 8).

“Deste modo, embora muitas energias do Dicastério tenham sido abordadas nos últimos meses em preparação da JMJ, há particular interesse no contexto da pastoral juvenil, as conclusões da última assembleia sinodal sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” são acolhidos e realizados. Neste sentido, estamos planejando organizar em Roma, de 18 a 22 de junho de 2019, um Fórum Internacional da Juventude.

O Sínodo foi um grande Kairós e não podemos perder o entusiasmo nem deixar que o forte impulso do Espírito Santo infunda na Igreja através dos jovens. O Fórum será um espaço de discernimento comunitário, mantendo o estilo missionário sinodal promovido pelo Sínodo (cf. Documento Final, n. 119-124)”.

Serão convidados a participar do Fórum Jovens delegados das Conferências Episcopais e dos principais movimentos e comunidades eclesiais com grande difusão internacional. Espera-se que alguns jovens ‘Auditores do último Sínodo’ (que eram conhecidos como “jovens sinodais”) possam estar presentes para transmitir sua experiência, além de contar com a presença de alguns especialistas em pastoral juvenil a nível internacional.

O principal objetivo será acolher os impulsos do Sínodo a nível internacional, especialmente a partir do Documento Final do Sínodo dos Bispos, bem como a partir de um presumível documento pós-sinodal que, até então, o Santo Padre já terá publicado.

Por fim, o encontro é pensado como uma forma muito concreta para cumprir um dos pedidos dos Padres Sinodais: “que será fortalecida a atividade do Departamento jovem do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida também mediante a criação de um corpo representativo de jovens a nível internacional” (n 123).


Com informações do Vatican News.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Silvia Cunha, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.