PT/BR
Milícia da Imaculada
JornalismoIgreja
-A   +A

12/10/2017 - 10h37: EMBAIXADOR DA PADROEIRA

Desde 2014, uma série de iniciativas serviram para preparar os brasileiros para a comemoração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. O Cardeal Dom Raimundo damasceno Assis foi arcebispo d e Aparecida – SP até 2016 e se faz presente às celebrações e comenta que “a gente vê com muita alegria a conclusão da celebração do jubileu dos 300 anos de Aparecida e do ano Mariano no Brasil. Não podemos quantificar os frutos porque são espirituais, mas eu diria que a grande preparação foi a peregrinação a imagem de nas pelas cidades de todo o Brasil. Esteve em penitencias, escolas, hospitais e casas”.

A Arquidiocese de Aparecida atualmente é conduzida por Dom Orlando Brandes e Dom Raimundo continua sua missão em outros campos e prossegue com a peregrinação da imagem de Nossa Senhora também em outros países, “Me sinto feliz com esse título. Agora como emérito posso atender solicitações vindas do exterior”, comenta. Recentemente entronizou a imagem da padroeira do Brasil na Colômbia, Estados Unidos, Eslováquia e Eslovênia. Neste ano, também foi entronizada no Santuário de Nossa Senhora de Fátima  que celebra os centenário das aparições. No fim deste ano, Cardeal damasceno vai até a Argentina, na Diocese de Salta, para a inauguração da primeira paróquia do país vizinho dedicada a Nossa Senhora Aparecida.

Dom Raimundo destaca a entronização de Nossa Senhora Aparecida no Santuário de Nossa Senhora do Líbano. “Houve uma participação grande da comunidade libanesa e de muitos que já viveram no Brasil. Participaram da entronização os 200 marinheiros brasileiros da corveta que realiza uma missão da ONU”.





Compartilhe


Voltar