Por Paloma Ortega Em Meu rolê Atualizada em 04 FEV 2020 - 11H33

Cidade Morena

Tendo Santo Antônio como padroeiro e um bonito Santuário dedicado a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Campo Grande - MS é uma cidade abençoada.

revista
revista
Cidade Morena


Em fevereiro de 2005, a Milícia da Imaculada começou seu trabalho evangelizador pelo rádio na capital do Mato Grosso do Sul.

Meses antes, a TV Imaculada tinha começado também suas transmissões que você pode acompanhar pela internet em nosso portal [www.miliciadaimaculada.org.br] ou pelo aplicativo Milícia da Imaculada. Mas a beleza da chamada Cidade Morena, só dando um rolê mesmo para conhecer.

Essa cidade, no coração do cerrado, foi fundada em 1875 por migrantes mineiros. O apelido de Cidade Morena veio pela cor avermelhada de sua terra. Em 1977, o estado de Mato Grosso foi desmembrado e coube a Campo Grande ser a capital do Mato Grosso do Sul, estado de pantanal, serras e cerrado.

Aqui existem diversas opções de lazer. Tem o lago Itatiaia, que é bom para caminhadas e também o lago Sóter e lago do Amor. A cidade oferece muitos lugares em meio à natureza para seus moradores nos momentos de lazer.

Eu gosto muito do Parque das Nações Indígenas, pois é um lugar muito bonito e proporciona o contato direto com a natureza. É uma forma de renovar as energias depois de um dia cansativo de trabalho, por exemplo. Imagina um grande parque com mais de 100 hectares, com um lago com as simpáticas capivaras e uma pista para corrida e caminhada, toda asfaltada, com quatro quilômetros para se percorrer. Fantástico!

O parque tem boa infraestrutura como, banheiros, segurança, pista de skate e parquinho para crianças.

Cada uma das seis entradas do parque tem o nome de um dos povos indígenas que vivem no estado: guarany, kaiowá, nhandevas, kadiwéu, terenas e ofaiés. No Parque das Nações Indígenas, há o Museu das Culturas Dom Bosco, conhecido popularmente como Museu do Índio. Ele foi fundado na década de 1950 pelos padres salesianos que partilhavam ali suas experiências como missionários entre os indígenas, trazendo em seu acervo, utensílios e objetos artísticos de diversos grupos.

Quer viajar pelo mundo e pelo Brasil pelas páginas da seção Meu rolê da revista Jovem Mílite? Receba nossa revista. É fácil! Clique abaixo e veja como:

Seja um jovem mílite

Consagre-se a Nossa Senhora e seja um missionário do amor de Deus:

Consagração a Nossa Senhora


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Paloma Ortega, em Meu rolê

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.