Por Ana Cristina Ribeiro Em Vidas Pela Vida Atualizada em 15 MAR 2021 - 09H31

A leveza da Obra de Adélia Prado

No mês em que se comemora o Dia da Poesia em 21 de março, trazemos aqui o perfil de uma poetisa contemporânea e um grande nome da literatura brasileira





Adélia Luzia Prado, mais conhecida como Adélia Prado, é filha de João do Prado Filho e Ana Clotilde Corrêa. Mineira de Divinópolis, Adélia nasceu em 1935 e traz em suas poesias uma linguagem despojada e direta, mostrando sempre a vida cotidiana.

O gosto pela escrita veio ainda na juventude, mas Adélia só se tornou oficialmente escritora aos 40 anos, quando escreveu seu primeiro livro: "Coração Disparado", obra que a levou para a Câmara Brasileira do Livro, onde recebeu o Prêmio Jabuti de Literatura em 1978.

Os poemas de Adélia Prado também valorizam a mulher e o divino. No início da sua trajetória, teve o apoio de Carlos Drummond de Andrade, que tornou-se para ela uma inspiração permanente: “Drummond eu conheci na juventude e fiquei encantada com aquele verso livre. Ele é uma inspiração permanente para mim!”.

Em entrevista para a Rádio Imaculada, Adélia relatou que escrever é o que dá sentido à vida: “Escrever é como pintar, fazer balé, fazer cinema, fazer música... é o exercício de uma necessidade, que é a necessidade de expressão. Você se sente movido a expressar algo que está pedindo palavras, no caso do escritor. Não é uma decisão racional. É sentido, é uma vocação. Se você negar essa vocação, você está negando a sua alma. Requer em princípio aceitar que você não é criador da sua arte, mas, sim, instrumento de algo maior, poder maior que usa o artista para se expressar. Porque a arte expressa a beleza e ela é a pegada da beleza divina”.

Com um vocabulário simples, Adélia retrata o cotidiano de forma leve e profunda.

Escrito por
Ana Cristina
Ana Cristina Ribeiro

Graduada em Jornalismo e licenciada em Letras, atua no Departamento de Redação da MI como jornalista responsável pela revista "O Pequeno Mílite" desde 2016.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovem Mílite, em Vidas Pela Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.