Por Juliene Barros Em VocAÇÃO Atualizada em 16 DEZ 2020 - 17H02

Cantar para Deus

Uma vocação que eleva o coração





Você já sentiu algum chamado de Deus em sua vida? Em alguns momentos, em meio a tantas coisas rotineiras como os afazeres da escola, os bate-papos com os amigos, entre as séries e os filmes, não nos damos conta da vontade de Deus em nossa vida. Começamos a desenvolver as nossas habilidades de forma despretensiosa, sem perceber e, quando nos damos conta, vemos como Deus é generoso em cada vocação e como Ele vai construindo a nossa caminhada de um jeito especial! E neste mês vamos falar como Deus age na vocação de ser cantora.

Participar de um ministério de música na Igreja pode ser um grande desafio, e, ainda assim, é uma missão muito importante, pois, entre cantos e louvores, as nossas preces são elevadas e a nossa alma é acalentada, nos permitindo sentir muito mais próximos de Deus.

Nascida na Grande São Paulo, a cantora, compositora e missionária Marília Mello compartilhou um pouco da sua trajetória. Desde a sua infância e adolescência, Marília conta que tudo aconteceu de forma simples e desafiadora; “comecei cantando na Igreja na minha adolescência, sem nenhuma pretensão de ser cantora ou missionária, mas Deus foi trabalhando na minha vida e no meu coração e de uma forma muito natural foi me direcionando à Sua vontade”.

Neste ano em que passamos muito tempo em casa, a música também tem sido um poderoso instrumento de evangelização e nos ajuda a rezar e a nos sentirmos mais próximos de Deus. E foi essa missão que a Marília teve nos últimos meses, levar a Palavra de Cristo a quem precisa através de suas canções e orações. Um trabalho que tem sido feito rumo ao lançamento de seu terceiro álbum “Quem Impedirá?”, que já conta com algumas músicas nas plataformas de streaming, como a canção “Pelo Sangue de Jesus” e “Quem como Deus?”. Marília conta que grande parte das suas músicas são de sua autoria, e que são músicas que nasceram de momentos de oração e de intimidade com Deus. “Sou feliz pelos passos que Deus me permitir dar. Porque sei que tudo que Ele faz é perfeito. Graças a Deus, até aqui tenho experimentado a cada dia e a cada tempo da Sua providência, da Sua vontade e tenho colhido os frutos que Ele tem permitido”.

Além de exercer a vocação como cantora, Marília também exerce a sua vocação de ser mãe e esposa, onde também coloca Deus como o centro de tudo: “Deus é a prioridade da minha casa. Ele é a base e a estrutura. Sem Deus não existe lar, não existe família. Ele é o sustento e a força de um matrimônio, da maternidade, da paternidade, pois sem Jesus nada podemos, como diz o Evangelho (Jo 15,1-8)”.

Marília deixa um conselho para os jovens: “Tenha intimidade com Deus. Construa um relacionamento profundo com Jesus. Ame a Deus acima de todas as coisas, deixe Ele conduzir cada passo e você será surpreendido”. E aí, que tal começar agora mesmo a deixar Deus conduzir a sua vocação para a música ou outros ministérios dentro da Igreja?

Escrito por
Juliene Barros
Juliene Barros

Formada em Design Gráfico e atuante na área, é consagrada a Nossa Senhora pelo método de São Maximiliano Kolbe e escreve para a revista Jovem Mílite.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Juliene Barros, em VocAÇÃO

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.