Por Vladimir Ribeiro Em Brasil

Brasil perde mais de 6 milhões de linhas de celular em 12 meses

Dados da Anatel são referentes a setembro de 2019

Divulgação
Divulgação
Duas operadoras detêm maioria do mercado brasileiro de telefonia celular


Levantamento feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) revela que o Brasil perdeu 6,1 milhões linhas de celulares em um ano. Os dados consolidados são referentes a setembro de 2019 e, de acordo com a base da Agência, o país encerrou o mês com 228,1 milhões de linhas de celular ativas.

Em setembro de 2018, o total superava os 234 milhões de linhas.

Os dados da Anatel revelam, também, que a operadora Vivo é a líder do mercado de telefonia móvel no país, que terminou setembro de 2019 com 73,8 milhões de linhas ativas.

A Claro aparece na sequência, com 56,5 milhões linhas móveis. Juntas, as duas operadoras detêm quase 59% do mercado.

Outro destaque dos números da Anatel é com relação às modalidades. Segundo a Agência, o número de linhas pós-pagas tem crescido no país: somavam 106,5 milhões unidades ao fim do nono mês ano passado, o que representa quase 47% do mercado - um crescimento de 6 pontos percentuais na comparação com o total registrado em setembro de 2018.

Da Rádio 2

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.