Igreja

Ide pelo mundo e anunciai o Evangelho

Na Santa Missa desta quarta-feira (25), Frei Sebastião medita sobre anunciarmos a Boa Nova de Cristo ao mundo todo

Escrito por Frei Sebastião Benito Quaglio

25 JAN 2023 - 10H34

O Frei Sebastião em sua homilia de hoje no Oratório Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, comentou a Primeira Leitura (At 22,3-16) e o Evangelho (Mc 16,15-18).

Em sua reflexão do Evangelho, Frei Sebastião destaca que hoje a Igreja celebra a Conversão de São Paulo, apóstolo. Como o próprio diz na primeira leitura, ele não estava fazendo nada errado, pois pensava que fazia a vontade de Deus, prendendo os cristãos.

Quando aconteceu esse episódio, que ele mesmo narra, mudou totalmente o seu jeito de pensar, de falar e de agir. Uma coisa muito interessante, é que Paulo não perseguia Jesus, nem mesmo conheceu Jesus. Ele perseguia os cristãos.

A grande revelação de Jesus para São Paulo foi que não havia separação entre Cristo e os cristãos. Tanto é verdade que Paulo vai falar muito sobre a Igreja como corpo de Cristo.

Esse homem era dedicado totalmente a uma causa, que ele achava justa, mas era errada. Quando ele conheceu Jesus, mudou radicalmente de uma maneira incrível. Ele não se poupou em nada, Paulo se entregou inteiramente à causa de Jesus e a evangelização.

No Evangelho, vemos que Jesus, antes da ascensão, envia os apóstolos para evangelizar. O envio é a continuação da missão de Jesus. Todo o cristão no momento que recebe o batismo, também recebe a missão de evangelizar.

A palavra evangelho, quer dizer boa nova. Evangelizar é justamente levar essa boa nova a toda a criatura do mundo, principalmente aqueles que mais precisam.

O mundo precisa descobrir o caminho para conquistar aquilo que busca: a felicidade. Todos querem ser felizes, mas, sem entender direito como é esse caminho e acabam se entregando a métodos errados, bebidas, drogas, competições e tantas coisas e não chegam a uma realização completa.

Somente em Jesus podemos ser felizes em qualquer situação de vida. Ele veio revelar que o destino de cada ser humano é eterno e que a sua origem é divina.

O segredo da felicidade é viver essa realidade divina para sempre. Toda humanidade é chamada a isso, não tem privilegiados nesse sentido. Deus olha e cuida da humanidade com muito amor.

Entretanto, o Senhor não faz nada sozinho. Ele veio em primeiro lugar e deu exemplo e depois deixou os herdeiros para continuar essa missão de chamar os homens para a vida eterna.

Paulo tem a sua história e nós temos a nossa, não podemos olhar para os santos e ficar sentados, pois esses nos inspiram a assumirmos nossa cruz e nossa missão.

São Paulo não parou, a partir da conversão ele construiu um caminho de evangelização. Convido você a lembrar do momento em que Jesus o chamou e a partir daí, qual foi o caminho que você construiu.

Vamos renovar essa motivação que um dia nos trouxe na fé de Jesus, para torná-la uma dinâmica de construção na vida dos outros.

Transcrição Marta Romero

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.