Por Vladimir Ribeiro Em Igreja Atualizada em 04 MAI 2021 - 11H34

POM lança selo para marcar Ano Celebrativo

Ação marca processo de renovação do seu carisma fundacional

Divulgação
Divulgação


As Pontifícias Obras Missionárias (POM) lançou um selo para celebrar o processo de renovação do carisma fundacional. A ação faz parte das comemorações do Ano Celebrativo das POM, que 2022 celebra os 200 anos da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, 100 anos de elevação do caráter pontifício das Obras e 400 anos da Congregação para a Evangelização dos Povos.

As POM são organismos oficiais da Igreja Católica, vinculados à Congregação para a Evangelização dos Povos.

O selo representa em imagem o caminho vivido até o mês de maio de 2022. “Estas celebrações são ocasiões para conhecermos melhor o objetivo, carisma, natureza e ações das ações em todo mundo. Será um tempo propício para destacar o testemunho de Pauline Jaricot”, ressalta o diretor das POM no Brasil, padre Maurício Jardim.

Presente em 130 países, as obras vivem um processo de renovação, tendo como objetivo voltar às fontes do seu carisma fundacional, iniciado com a leiga Pauline Jaricot, fundadora da Obra da Propagação da Fé e inspiradora para o surgimento da Infância e Adolescência Missionária, da Obra de São Pedro Apostolo e da União Missionária.

O carisma das POM é apoiar o Papa no seu compromisso missionário com todas as Igrejas particulares seja na oração que é a alma da missão, e ou no auxílio material aos cristãos no mundo inteiro, ajudando a despertar a consciência missionária ad gentes.

Padre Maurício diz que a intensão deste ano celebrativo é visitar a fonte carismática de onde surgiram as Obras Pontifícias e desencadear um caminho de reforma a pedido do Papa Francisco.





Fonte: CNBB

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.