Por Núria Coelho Em Jornal Milícia Sat

Cruz Vermelha lança campanha sobre pessoas desaparecidas na América Latina

Em 2017 foram registrados 82 mil, 684 casos de desaparecimentos somente no Brasil

Divulgação
Divulgação
A campanha foi lançada simultaneamente em vários países da América Latina, entre eles Brasil, Colômbia, México e Peru e o vídeo pode ser visto no canal Yoytube


A Cruz Vermelha, ONG de abrangência internacional, lançou nesta semana uma campanha sobre pessoas desaparecidas. O foco é a população da América Latina.

De acordo com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, são registradas centenas de milhares de pessoas desaparecidas na região por causa de conflitos armados, das migrações constantes e de desastres naturais.

Para se ter uma ideia, em 2017 foram registrados 82 mil, 684 casos de desaparecimentos somente no Brasil.

O México contabiliza 40 mil desde 2006 até os dias de hoje.

Além disso, estima-se que, nas últimas décadas, pelo menos 83 mil pessoas tenham desaparecido na Colômbia, mais de 45 mil na Guatemala, pelo menos 20 mil no Peru e mais de 5 mil em El Salvador.

A Cruz Vermelha afirma que tem trabalhado com autoridades locais e familiares, procurando ajudar na solução dos casos.

E classifica o desaparecimento de pessoas como sendo uma tragédia para as famílias e comunidades afetadas, se tornando um grande obstáculo para a paz.

A campanha foi lançada simultaneamente em vários países da América Latina, entre eles Brasil, Colômbia, México e Peru e o vídeo pode ser visto no canal Yoytube. (Rádio2)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Núria Coelho, em Jornal Milícia Sat

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.