Por Núria Coelho Em Jornal Milícia Sat

Governo deve arcar com R$ 31 bilhões em causas perdidas na Justiça em 2020

Quase 3 bilhões de reais serão destinados à Copersucar

Divulgação
Divulgação
Governo vai desembolsar 10 bilhões 200 milhões a mais para quitar precatórios


Não basta reformar a Previdência e contingenciar o orçamento para equilibrar as contas. O governo terá que desembolsar, no próximo ano, 31 bilhões de reais para pagar custas processuais e indenizações.

Fruto das derrotas na Justiça, em processos que vão desde devolução de tributos e benefícios contestados a indenizações, principalmente às indústrias de açúcar e álcool.

A conta de perdidos na Justiça cresceu quase 50% no próximo orçamento e soma mais do que o maior desembolso histórico do Bolsa Família, que foi de 30 bilhões em 2018.

Segundo a Reuters, que teve acesso aos documentos enviados pelo Conselho Federal de Justiça para elaboração do Orçamento 2020, 9% da dívida – quase 3 bilhões de reais serão destinados à Copersucar.

A empresa reúne dezenas de usinas e está sendo indenizada pelo tabelamento de preços da cana e derivados no período entre 1985 e 1989, pelo Instituto Brasileiro de Açúcar e Álcool, que pertencia ao governo.

Na comparação com o orçamento deste ano, o governo vai desembolsar 10 bilhões 200 milhões a mais para quitar precatórios. O montante praticamente anula a economia prevista com a reforma da Previdência, que deve chegar a 10 bilhões e 100. (Da Rádio2)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Núria Coelho, em Jornal Milícia Sat

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.