Por Vladimir Ribeiro Em Noticias

Pastoral da Sobriedade se reúne para encontro anual

Divulgação
Divulgação


No próximo fim de semana, dias 27 e 28 de novembro, a Pastoral da Sobriedade, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), vai reunir seus membros para mais um encontro anual, na Canção Nova, em Cachoeira Paulista, em São Paulo.

Este ano, a pastoral vai refletir o tema “Cristo Luz do Mundo” e o lema: “Deus amou tanto o mundo que enviou seu filho único”. (Jo 3,16). De acordo com a organização, serão dois dias de encontro com muita escuta da Palavra de Deus, de oração, pregação, adoração e louvor. “Cristo veio nos libertar das dependências, dos vícios e pecados. Não podemos mais caminhar na escuridão”, destaca o release.

A pastoral ressalta que evento é aberto ao público e serão seguidas todas as recomendações sanitárias de prevenção à Covid-19 das autoridades locais e da Canção Nova.

Programação

A abertura no sábado (27), será no Santuário do Pai das Misericórdias, com a Adoração ao Santíssimo Sacramento, às 21h. Participam deste momento: padre Roberto Camilo, da paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Mãe Luiza, Natal (RN), assistente Eclesiástico e coordenador arquidiocesano da Pastoral da Sobriedade; e Marinês Rezende, coordenadora estadual da Pastoral da Sobriedade do Regional Sul l – São Paulo.

No domingo (28), no Rincão do Meu Senhor haverá pregações e cânticos com o Ministério Resgate Já. Edson dos Santos Ribeiro, agente da Pastoral na Diocese de Barra do Piraí, Volta Redonda (RJ), fará pregação às 11h10 sobre “A Intervenção de Jesus na Humanidade”.

O bispo da diocese de Itumbiara (GO) e referencial da Pastoral, dom Antônio Fernando Brochini, vai presidir a missa de encerramento, às 15h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

Sobre a Pastoral da Sobriedade

É uma ação concreta da Igreja Católica na Prevenção e Recuperação da Dependência Química, criada em 1998, durante a 36ª Assembleia dos Bispos do Brasil. Busca a integração entre todas as Pastorais, Movimentos, Comunidades Terapêuticas Parceiras, Casas de Recuperação para, através da pedagogia de Jesus-Libertador, resgatar e reinserir os excluídos, propondo uma mudança de vida através da conversão.

Fonte: CNBB

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.