Por Paulo Teixeira Em Conhecendo Maria Atualizada em 10 SET 2019 - 12H29

Campo de apostolado do consagrado

Apostolado dos mílites

Por Padre Luigi Faccenda, franciscano menor conventual

São Maximiliano Kolbe responde: “Cada um considere o próprio ambiente, os familiares, os conhecidos, os companheiros de trabalho, os lugares onde permanece de vez em quando, como o terreno da própria missão, com o objetivo de conquistar estas pessoas à Imaculada; e para fazer isto se sirva de todos os próprios conhecimentos e capacidades” (EK 1127).

E para que a penetração seja verdadeiramente universal e eficaz, São Maximiliano Kolbe aconselha que o apostolado dos consagrados “sejam a alma de tudo, mas externamente se ostentem o menos possível. Assim será (a eles) possível introduzir-se em muitos lugares, onde visivelmente, o ingresso seria totalmente impedido. 

Niepokalanow
Niepokalanow
O apostolado do consagrado se dá em diversas atividades


Com a ajuda da Imaculada devemos tender a isto: que os fiéis Cavalheiros da Imaculada se encontrem em toda parte, mas especialmente nos lugares mais importantes, como: 1) a educação da juventude (professores de institutos científicos, mestres, sociedade esportiva); 2) a direção da opinião das massas (revistas, jornais, a sua redação e difusão, bibliotecas públicas, bibliotecas circulantes, etc., conferências, projeções, cinema, etc., as belas artes (escultura, pintura, música, teatro); e enfim 4) os nossos mílites da Imaculada se tornem em todos os campos os primeiros pioneiros e os guias na ciência (ciências naturais, história, literatura, medicina, direito, ciências exatas, etc.).

Sob o nosso influxo e sob a proteção da Imaculada surjam e se desenvolvam os complexos industriais, comerciais, os bancos, etc. Numa palavra, a Milícia impregne tudo e num espírito sadio restabeleça, reforce e desenvolva (cada coisa) para a maior glória de Deus por meio da Imaculada e para o bem da humanidade” (EK 92). 

É certamente observado que Kolbe é amante da totalidade e que reservou esta sua característica também na espiritualidade da consagração a Nossa Senhora na Milícia da Imaculada. De fato, a condição fundamental para pertencer a este movimento é o dom total de si à Imaculada: o objetivo é a conversão de todos os pecadores, a santificação de todos os cristãos e a conquista de todo o mundo a Deus, através da Imaculada. E tal finalidade deve ser alcançada o mais rápido possível, através do máximo empenho de cada consagrado e com o uso de todos os meios lícitos.

Frei Kolbe não coloca limites nas formas e nos meios de apostolado, exatamente para que ninguém, em qualquer condição de vida que se encontre, possa sentir-se excluído do dever de empenhar-se apostolicamente.

Por isso, evidencia que, antes de tudo, nós mesmos devemos estar a serviço da Imaculada: “Mas, antes de qualquer coisa, nós mesmos, até ao completo aniquilamento do nosso eu, ao holocausto total sem qualquer reserva ou limitação (“penitência, penitência, penitência”). Tudo, pois (a Ela): a alma e o corpo, todas as faculdades da alma e do corpo, as capacidades, a energia, a ciência, a arte, etc. etc., tudo, tudo. O passado, o presente e o futuro: a vida, a morte, a eternidade. Em uma palavra: tudo, tudo, sem nenhuma, mesmo que mínima, reserva. Ó Mãezinha Imaculada, glória a Ti para sempre!” (EK 991).

Seja Mílite

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Paulo Teixeira, em Conhecendo Maria

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.