Por Alex Souza Em Para Viver Bem

Corpo e mente saudáveis

Onde se é ensinado a cuidar adequadamente da mente e do corpo?




É preciso aprender a pensar sobre a própria saúde e seus respectivos cuidados diários para viver bem, para ter qualidade de vida e para atingir a longevidade de forma assertiva, com ausência de dores e com menor risco de doenças.

Uma mente saudável está livre para desempenhar suas funções, bem como um corpo em forma consegue se movimentar com autonomia e segurança.

Para que nossos cérebros mantenham desempenho máximo, nossos corpos precisam trabalhar duro(1). Ou seja, existe uma ligação importantíssima entre essas duas estruturas. A mente envia um sinal para o corpo poder agir. Ele, por sua vez, desempenha a sua função adequadamente conforme esse sinal é enviado. O cérebro comanda, o corpo opera. O cérebro é o maestro, o corpo é o músico. Isto é, a conexão entre eles precisa ser qualitativa, deve ser harmônica, necessita ser equilibrada e obrigatoriamente, tem que ser saudável.

Muitos preferem ir na contramão. São lentos para agir, frágeis para mudar o estilo de vida (2) e deixam sua mente ficar doentia, e como reflexo, seu corpo começa a deteriorar.

As complexidades da relação entre mente e corpo não podem ser resolvidas com simplicidade (3), e é justamente por isso, que todos nós devemos ser estudiosos de nossa saúde, pois ela necessita de aprimoramento constante para manter os seus níveis harmônicos.

Um dos passos mais importantes para ter saúde mental é evitar cair em quatro armadilhas: o conformismo, o coitadismo, o medo de reconhecer os erros e o medo de correr riscos (2), ou ainda ficar preso nas quatro problemáticas do corpo: o cansaço, as dores, o sedentarismo e a falta de atitude.

Todas essas circunstâncias podem adoecer o ser humano e minar a capacidade de ser, de viver, de sentir e de se desenvolver.

Em um paralelo, a mente projeta o mundo exatamente como faz um projetor de filme. O corpo é parte do filme, assim como tudo o que lhe acontece (3).

Tudo que você pensa, pode se tornar realidade, e tudo que você faz, pode impactar seu corpo. Se essas duas estruturas estão conectadas, o cuidado deve estar presente, e, como ferramenta, é possível usar o exercício, benéfico para ambos. Ele constrói recursos cerebrais, redireciona os circuitos, aperfeiçoa a resiliência, age como distração para o estresse e ansiedade, reduz a tensão muscular e liberta a pessoa para agir (2). É uma das chaves mais importantes para a conexão mente e corpo.

Por isso, se você quer manter a saúde em dia, zele, preserve, faça a manutenção e coloque medidas preventivas para que sua vida seja a melhor possível.

Referências

1. RATEY, J. J. Corpo ativo, mente desperta: a nova ciência do exercício físico e do cérebro. Objetiva, 2012.

2. CURY, A. O código da inteligência: a formação de mentes brilhantes e a busca pela excelência emocional e profissional. Ediouro, 2008.

3. CHOPRA, D. A cura quântica. BestSeller, 2018.

Por Alex Souza, Personal Trainer Especialista em Longevidade, Membro da Sociedade Brasileira de Personal Trainers, Membro da World Top Trainers Certification, Mentor da Liga da Longevidade, Mentor do Grupo Exercício e Fé


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alex Souza, em Para Viver Bem

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.