Por Paulo Teixeira Em Para Viver Bem Atualizada em 01 AGO 2019 - 15H03

3 dicas para reduzir as dores

Como reduzir as dores

Por Alex Souza, Personal Trainer Especialista em Longevidade, Membro da Sociedade Brasileira de Personal Trainers, Membro da World Top Trainer Mastering, Mentor da Liga da Longevidade e Mentor do Grupo Exercício e Fé

Grande quantidade de pessoas que sentem dores em alguma parte do corpo. E por que será que isso acontece? Para responder essa delicada questão, será preciso avaliar o estilo de vida moderno, que trouxe uma série de modificações em seu cerne. Já reparou na postura das pessoas? Percebeu a quantidade de tempo que elas passam sentadas? Ou ainda os excessos devido ao grande uso das tecnologias como o computador e o celular? 


Como reduzir as dores


Primeiramente, sentir dor não é algo bom e muito menos saudável. Ela não deve fazer parte da vida das pessoas em nenhum momento ou fase. A dor significa que algo não está certo, pois é a sinalização do corpo em resposta a algo que está em desequilíbrio, desarmonia e desordem. Em outras palavras, ela é considerada como uma experiência, uma sensação, genuinamente subjetiva e pessoal (1).

Em segundo lugar, dor pode estar associada a imagens negativas, tais como sofrimento, transtornos psiquiátricos, inexistência de tratamento e abuso de medicamentos, tornando-se um problema para o indivíduo, a família, a sociedade e o sistema de saúde, uma vez que direciona e limita as condições e o comportamento daquele que a vivencia (2,3).

O que deve ser feito é procurar a raiz do respectivo quadro e jamais ficar parado esperando a dor passar como uma espécie de milagre e muito menos tomar algum remédio sem a devida prescrição. Cabe ressaltar a importância do profissional certo para cada caso. Para tomar o remédio, apenas após a supervisão do médico, e para fazer exercícios, sempre ao lado do profissional de Educação Física.

Quando você entende isso, a sua segurança fica preservada, bem como a sua integridade, e desta forma, a saúde se mantêm dentro dos parâmetros mais adequados.

A terceira dica para aliviar as dores está relacionada ao estresse, fator tão presente hoje em dia. É importantíssimo saber lidar com ele para não causar maiores prejuízos a saúde, e como consequência, mais dor. Sentir-se ameaçado não é o único modo de responder ao estresse. É também possível se sentir desafiado, gerando uma sensação de excitação e energia (4).

Ou seja, a questão de saber escolher a forma de ver e perceber o mundo faz toda diferença. É entender o problema, doença ou dor como uma situação momentânea e como um aprendizado para a vida, sem jamais parar neles.

Que você possa escolher sempre não sentir dor por meio do estilo de vida ativo, e fazer do movimento, um amigo e um hábito, bem como, procurar o conhecimento apropriado para preservar a sua saúde e chegar à longevidade saudável.

Lembre-se: você deve ser o verdadeiro especialista em sua saúde.

Leia Mais: Quer viver até os 100 anos? Como viver para chegar aos 100 anos

Referências

1. SILVA, J. A. RIBEIRO-FILHO, N. P.A dor como um problema psicofísico. Rev Dor. São Paulo, 2011 abr-jun;12(2):138-51.

2. EPPS, C. D. Recognizing pain in the institutionalized elder with dementia. GeriatrNurs 2001 mar-apr; 22(2):71-9.

3. GOLD, D. T, ROBERTO, K. A. Correlates and consequences of chronic pain in older adults. GeriatrNurs 2000 sept-oct; 21(5):270-3.

4. EPEL, E. O segredo está nos telômeros. Planeta, 2017.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Últimas Velas dos Mílites
Vejas as últimas velas que os Mílites acenderam em nosso portal online
  • Pela minha familia proteção por nossa...

    Marli

  • Que os meus inimigos não mais me afet...

    Ruth

  • Pelos anjos da guarda, pela prosperid...

    Magali Aparecida Rodrigues

  • PEÇO PELO ANJO DA GUARDA MEU FILHO GU...

    ANAHI NEY

Receba todas as novidades

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Paulo Teixeira, em Para Viver Bem

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.