Por Frei Sebastião Benito Quaglio Em A Santa Missa

Junto com Jesus no barco da vida

PixaBay
PixaBay


O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv.) presidiu a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, em São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (At 28,11-16.30-31) e o Evangelho de hoje (Mt 14,22-23).

Jesus mandou os apóstolos que trabalharam para entregar os pães e os peixes para o outro lado. Ele ficou ir para se despedir das multidões. É impressionante a delicadeza de Jesus. Ele ficou ali para se despedir, que gesto muito bonito! Depois Jesus se retirou para rezar.

É impressionante essa passagem. Por que Jesus rezava? Naturalmente não rezava do nosso jeito, mas precisava daquele momento para estar mais intimamente com o Pai. Jesus sentia necessidade disso. Como uma criança que brinca, brinca, mas depois precisa dos pais.

Jesus desceu e andou sobre as águas ao encontro do barco, que estava parado. Podemos imaginar o pavor de ver ou alguém caminhando sobre as águas. Eles pensaram que era um fantasma e gritavam. Quando Jesus disse que era Ele, Pedro pediu a Jesus que o mandasse caminhar ao Seu encontro.

Foi uma grande manifestação de confiança de Pedro em Jesus. Acho que nós não teríamos feito isso. Ele foi andar sobre as águas, mas quando sentiu o vento teve medo e começou afundar. E aí começou a gritar por Jesus, que respondeu: “Homem de pouca fé”. No entanto os outros não tiveram coragem nem de tentar. Pedro tentou e ainda levou esta bronca.

Entraram na barca e imediatamente o vento cessou e a barca foi para frente. Você que está aqui e você que está acompanhando de longe, enxergue Jesus com os olhos de Pedro, com os olhos dos Apóstolos e com os olhos da multidão.

Você pertence a Ele e tem como encontrá-Lo continuamente nas pessoas e, sobretudo, na Eucaristia. Então grita como Pedro, sentindo essa mão vigorosa de Jesus que nunca te deixa, mas te levanta e te leva junto com Ele no barco da vida.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.