Consagração a Nossa Senhora

A conversão e a santificação de uma pessoa foi, é e será sempre obra de graça divina.

Espiritualidade kolbiana

Consagração a Nossa Senhora _ 23 de janeiro de 2020

Pensamento de São Maximiliano Maria Kolbe

"Deus reconhece com alegria a confiança que nós lhe manfestamos".


Reflexão Kolbiana

A existência de Deus nos oferece uma resposta explícita a respeito da finalidade e do significado do universo. Os ateus e os presunçosos devem observar atentamente o mundo que nos rodeia. Serão eles capazes de resolver o enigma do universo sem o reconhecimento de Deus? (Escrito 1186)


Oração do coração

Mãe Imaculada, como sabes em nossa época temporal, o "barulho e a confusão de ideias" dominam, ensina-nos com serenidade a buscarmos o "divino silêncio".
Escreveu frei Maximiliano Kolbe: “Ao cumprir-se o tempo da vinda de Cristo, Deus uno e trino cria para si a virgem Maria Imaculada, a cheia de graça e habita nela. E esta virgem com a sua humildade fascina de tal modo o Seu Coração, que Deus Pai Lhe dá por filho seu próprio Filho Unigênito. E Deus Filho desce no Seu ventre virginal, enquanto que Deus Espírito Santo plasma nela o corpo santíssimo do Homem Deus”. Maria ensina-nos com eficiência a nos colocar diante de Deus em atitude de humildade e acolhimento para fazer a sua vontade. Para nossa santificação é preciso perguntar o que Deus nos pede e qual caminho coloca diante de nós. A virgem Maria demonstra toda esta atenção e torna-se testemunha para a humanidade, entregando-se de modo total e generoso à Deus, para cumprir seus desejos. Consagremo-nos a Maria e com Ela aprendamos a alimentar-nos daquela pobreza interior que nos permite acolher cada graça e manifestação de Deus, pedindo que preencha nossos corações da sua humildade, amor e obediência a Deus. Amém!

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.