Por Espiritualidade Em Santos Atualizada em 17 JUN 2021 - 11H08

A devoção a Santo Antônio

Sabemos que o povo católico sempre teve uma devoção marcante para com este santo que é festejado no mês de junho



Por Frei Diogo Luís Fuitem

Como não lembrar que ele, junto com São João Batista e São Pedro, é aquele que motiva as festas juninas? Como não reconhecer que Santo Antônio é considerado o santo da família, o santo casamenteiro, o santo que faz reencontrar as coisas perdidas? Mas, ao lado destes aspectos culturais, é necessário salientar, principalmente, que sua vida foi voltada ao serviço a Deus e ao próximo mais necessitado de forma tão generosa que se tornou uma luz. Por isso, ele está presente, ainda hoje, no coração das pessoas. No Concílio Vaticano II, encontramos esta afirmação: “A Igreja proclama o mistério pascal de Cristo vivido pelos santos que sofreram e foram glorificados; propõe aos fiéis os seus exemplos para que todos possam ser atraídos por Cristo ao Pai; e implora os benefícios de Deus pelos merecimentos que eles alcançaram” (Sacrossanto Concilium 104). Está aí o fundamento da devoção aos santos: eles são modelos de vida cristã e intercessores nossos!

A respeito de Santo Antônio, o Papa Pio XI ousou dizer de uma maneira simples e direta: “Por meio de Antônio, vamos a Jesus” (em latim: Per Antonium ad Jesum!). Vale a pena recordar que sua festa é celebrada no dia 13 de junho, dia em que ele partiu deste mundo para viver na eternidade. Nessa data costuma-se ter nas igrejas e capelas a bênção dos pães para pedir a proteção de Santo Antônio, a fim de que não falte saúde e alimento nos lares. E os festejos são preparados pela trezena, assim chamada porque é feito um caminho de 13 dias de oração como tempo propício para preparar bem a festa em louvor ao santo. Em alguns lugares, é feita até a trezena de terças-feiras para recordar que Santo Antônio, embora falecido na sexta-feira dia 13 de junho de 1231, foi sepultado em Pádua, na Itália, exatamente na terça-feira seguinte, dia 17. Nesse caso, já em março começam as terças-feiras de Santo Antônio.

Sou testemunha, por eu ter vivido em Pádua, de quantos peregrinos, vindos de todas a partes do mundo, visitam diariamente a Basílica que ali foi construída e dedicada ao santo. Junto do túmulo, que guarda seus restos mortais, as pessoas rezam com muita fé. Os santos são para a humanidade como estrelas que brilham no firmamento. Que o brilho de nosso santo, bem como sua intercessão, estejam sobre nós, para que sejam afastados do nosso meio os males que nos atingem, especialmente da Covid - 19, que tanto nos fez e ainda nos faz sofrer.




1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Espiritualidade, em Santos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.