Por Frei Sebastião Benito Quaglio Em A Santa Missa Atualizada em 07 JUN 2021 - 11H22

Bem-aventurados os pobres de espírito

PixaBay
PixaBay


O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv) presidiu hoje a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (2Cor 1,1-7) e o Evangelho de hoje (Mt 5,1-12a).

Em sua homília, Frei Sebastião destaca que é incrível a maneira de São Paulo de encarar o mundo, pois ele via Deus em tudo. Ele nos ensina que o Senhor é uma realidade que nos envolve totalmente.

Todos nós somos chamados para o Reino de Deus, pois o Pai ama o mundo ao ponto de enviar seu Filho não para condenar, mas para que nós fossemos salvos. Temos que abraçar Jesus Cristo. Ele é a chave de tudo.

Sentimos nessas bem-aventuranças, o retrato da nossa vida. São Mateus é mais amplo nesse sentido quando nos lembra que “felizes são os pobres em espírito”. Quem é o pobre hoje em dia? É aquele que precisa e procura por ajuda. Muitas vezes perante essas pessoas que passam por dificuldades, dificilmente nos fechamos.

Uma criança é a personificação da pobreza, pois ela necessita de tudo. Se sabemos isso, então sentimos a obrigação de ajudar. Temos uma sensação diferente ao encontrar um homem deitado na rua e ao nos depararmos com uma criança na mesma situação. O nosso coração fica mais apertado porque identificamos as coisas que aquela criança necessita.

A maneira que Deus nos olha é mais profunda do que o nosso olhar voltado para uma criança.

Essa pobreza, perante Deus, é uma grande confiança. Sem o Senhor não podemos fazer nada, seja para viver, amar, crer ou nos identificarmos como Seus filhos. Precisamos estar ao Seu lado.

A pobreza também desperta a força que a pessoa tem. Não é sobre cair no sono e se amolecer. A pobreza é se tornar disponível para que Deus possa nos educar e, no final, possa dizer o que Ele quer de nós.

Transcrição Maria Paula Maximo





Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.