Por Vladimir Ribeiro Em A Santa Missa Atualizada em 04 MAR 2021 - 09H37

Com Jesus viver o amor de Deus

rawpixel
rawpixel


O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv.) presidiu hoje a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (Jr 18,18-20) e o Evangelho de hoje (Mt 20,17-28).

Frei Sebastião destaca que o evangelho é sempre a Palavra de Deus que nos orienta e nos aponta o caminho certo para nossa felicidade. Jesus veio ao mundo para mostrar este caminho. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” e temos que ser como Jesus Cristo.

Estamos no tempo da Quaresma e todo nosso pensamento tem que caminhar com Jesus. Não sabemos tudo que vai acontecer, os apóstolos não sabiam. As próprias palavras de Jesus eram um segredo, uma incógnita. Tanto que enquanto Ele estava profetizando a sua morte a mãe de dois deles pedem a glória para os filhos, portanto estavam ainda longe de entender o sentido do caminho de Jesus, no entanto já estavam há três anos com Ele.

Somente, depois, com a vinda do Espírito Santo, que iria iluminar e mostrar o sentido de tudo isso, eles tiveram essa compreensão. Eles finalmente entenderam o que seria sentar à direita e à esquerda de Jesus. Caminhar junto e como Ele. Nossa identidade está com o Filho de Deus, que veio o mundo para mostrar um novo caminho, de amor e da dedicação.

Vamos viver neste tempo da Quaresma esta modalidade de Jesus, viver o amor de Deus, não de um jeito superficial, somente valorizando os ritos, os momentos litúrgicos, mas vamos sentir que Cristo quer continuar a viver em nós.

Olhando para este mundo com olhos de serviço, amor e dedicação. Tudo isso é fruto de oração. Esse tempo é um convite à oração, pois ela ilumina as nossas mentes limitadas.

Muitas vezes a nossa maneira de ver o mundo fica contagiada e estrangulada por tantas informações. Estamos em uma situação difícil no nosso país. Milhares e milhares de pessoas na UTI ou esperando vaga para internação.

O número de falecimentos é enorme, dá uma sensação de desânimo, mas olhe para Cristo e veja que Ele é a nossa esperança, a nossa força e coragem. Vamos rezar muito e sentir em Jesus o nosso sustento, a nossa luz e esperança. Que Nossa Senhora cuide com seu sorriso de todos os que estão sofrendo. Vamos dedicar esse dia à oração por todos que estão sendo atingidos por essa Pandemia.

Transcrição Marta Romero

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.