Por Vladimir Ribeiro Em Noticias

Preço da carne bovina acumula alta de 38%

O valor do corte bovino acumulou a alta nos últimos 12 meses já o consumo do produto no país continua caindo

Divulgação
Divulgação
Segundo BGE em algumas regiões do país o preço da carne subiu quase 60% neste período


O preço da carne de boi acumulou alta de 38% nos últimos 12 meses nos supermercados e açougues do Brasil. De acordo com dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em algumas regiões do país o preço da carne subiu quase 60% neste período.

De acordo com o IBGE, o principal causador desta alta é o preço do dólar, que está acima de R$ 5. Com a moeda americana mais cara, aumenta os custos para a produção de gado de corte.

Enquanto isso, o brasileiro vai mudando o hábito alimentar para caber no orçamento. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o consumo de carne no país é o menor em 25 anos.

Somente, em 2020 a redução na ingestão do corte bovino caiu 19% em comparação com o ano anterior. Ainda segundo o órgão, o consumo continua caindo este ano, em aproximadamente 4%.




Fonte: Mais News

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.