Símbolos da Páscoa  (Divulgação )
Divulgação
Formação

Entrevista com Dom Antônio Carlos Félix sobre o sentido da Páscoa

Dom Antônio Carlos Félix, Bispo de Governador Valadares (MG), conversou com Angelica Lima sobre o profundo sentido da Páscoa

Escrito por Angelica Lima

04 ABR 2021 - 15H00

O que quer dizer Páscoa?

Páscoa quer dizer passagem. Recorda que os hebreus passaram da escravidão do Egito para a liberdade. Recorda também a passagem de Jesus da morte para a vida na ressurreição, passagem pelas águas do Batismo que nos faz filhos e filhas de Deus. Logo, Páscoa é passagem da morte para a vida, das trevas para a luz, da mentira para a verdade, do egoísmo para o amor, da indiferença para a solidariedade, do consumismo para a sobriedade, da ganância para a partilha, da competição para a cooperação, da violência para a paz, enfim, de uma vida de pecado para uma vida vivida na graça de Deus.

Qual é a diferença da celebração da Páscoa antes e depois de Jesus?

Primeiramente existiu uma páscoa natural. No hemisfério norte, depois do inverno rigoroso, vinha o tempo da primavera, mas realmente é como se começasse uma vida nova, onde tudo brota e floresce.Leia MaisFrei Sebastião tem uma mensagem de Páscoa para vocêOs mistérios envoltos da Ressurreição de CristoTempo pascal: primavera da nossa vida Os mistérios do Santo Sudário de Cristo

Quando os judeus foram para o Egito como escravos, eles conseguiram a libertação justamente nessa época. Moisés conhecia o clima e a região, e sabia que era a melhor época para poder passar pelo chamado Mar Vermelho.

Jesus, por sua vez, teve a Sua Páscoa em coincidência com a celebração judaica. Jesus morreu justo às 15h, segundo os Evangelhos, na mesma hora em que sacrificavam o cordeiro que deveria ser assado e comido à noite. Lembrando que, para o judeu, o dia da Páscoa começa ao entardecer, então, naquela sexta-feira à noite já começavam a Páscoa, por isso Jesus foi sepultado imediatamente.

A Páscoa, Dom Félix, é representada por muitos símbolos, e o Círio Pascal é um deles. Eu gostaria que o senhor falasse um pouquinho para a gente sobre o significado do Círio Pascal.

Durante o Tempo Pascal o Círio Pascal permanece aceso, pois Jesus é a luz do mundo, que ilumina a nossa vida e dissipa as trevas da morte e faz resplandecer em nós a luz de Deus. O Círio Pascal é essa grande coluna luminosa que nos guia para a libertação. Ele é aceso pela primeira vez na cerimônia da Vigília Pascal, e fica presente em todas as Missas e cerimônias do Tempo Pascal até o domingo de Pentecostes. Após o período pascal, continua a ser aceso em batizados, ordenações e funerais, recordando que a luz de Cristo sempre nos guia.



Existe uma relação cristã entre a Páscoa e o coelho?

Páscoa é vida e vida em abundância. Sabemos que o coelho é um animalzinho muito fértil. Daí o fato do coelho ter sido associado à Páscoa. Já os ovos eram originalmente símbolo do túmulo vazio, uma vez que o ovo esconde uma vida nova, o novo ser. O túmulo vazio é um sinal da Ressurreição de Jesus. A sociedade de consumo se aproveitou disso e transformou o coelhinho de páscoa e os ovos em símbolos para vender mais na páscoa, tornando-se mais importante do que a Ressurreição de Jesus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Angelica Lima, em Formação

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.