03 de Julho de 2020

São Tomé, Apóstolo

Cor litúrgica: Vermelho | Ano A

Ef 2,19-22

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios.

Irmãos, 19já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. 20Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. 21É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo Santo no Senhor. 22E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.

Salmo 116

— Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.

— Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.

— Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, povos todos festejai-o!

— Pois comprovado é seu amor para conosco, para sempre ele é fiel!

Jo 20,24-29

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

24Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!” Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir as marcas dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”.

26Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. 27Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. 28Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” 29Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Fonte: Editora Santuário

Dia de São Tomé

Meus irmãos e minhas irmãs,

São Tomé, também chamado Dídimo (gêmeo em grego), foi apóstolo de Cristo muito atuante e marcante em sua ação apostólica. Ele tinha uma personalidade forte e não tirava conclusões precipitadas.

Não é explicado o porquê de Tomé estar ausente quando os outros discípulos viram Jesus, contudo, as boas circunstâncias da vida também são uma graça de Deus; estar no lugar certo, na hora certa, encontrar as pessoas certas para o certo, tudo isso é importante para o Senhor encontrar o momento propício para agir.

Vivemos pois a nossa fé assim como Tomé viveu a sua fé. Ele era um homem quieto que queria saber e queria conhecer; não se contentava apenas com aquilo que os outros diziam para ele. Na devoção popular, rotulou-se chamar Tomé de homem da dúvida, teimoso e incrédulo, mas a compreensão do relato de São Tomé não pode ser prisioneira da tradição popular que não faz jus à riqueza desse homem bíblico.

Cremos que a seguinte pergunta pode nos ajudar a entender a mensagem pretendida pelo autor desse relato: como se chega à fé em Jesus Cristo dentre os mortos?

Tomé não crê na experiência que os outros discípulos fizeram ao ver Jesus Ressuscitado, não acredita que Ele realmente estava presente no meio deles novamente. O apóstolo tinha a pretensão de chegar à fé por si mesmo, mas é aí que reside o problema de fato. A fé é essencialmente o testemunho, pois é tradição e, como tal, supõe o dinamismo da recepção e transmissão. É através do testemunho que se acredita e que se pode experimentar os efeitos da Ressurreição do Senhor.

Tomé, ao desejar ver as marcas dos pregos nas mãos e o lado traspassado do Senhor, nos ensina que a Ressurreição não anula a Paixão do Senhor. O Cristo ressuscitado traz consigo as marcas da Sua paixão. É por isso que nós devemos olhar para Tomé, não como um homem incrédulo, mas como o homem que duvida e faz perguntas certas na hora certa e no tempo certo.

Frase do dia: “Ao apalpar as chagas do corpo de seu Mestre, aquele discípulo que duvidara curou as chagas da nossa falta de fé.” São Gregório Magno

Ave Maria...

Recebam a bênção de Deus Todo-poderoso Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Chico Silveira, do programa Recado de Vida, da Rádio Imaculada

Liturgia: 03 de Julho de 2020

Últimas Velas dos Mílites
Vejas as últimas velas que os Mílites acenderam em nosso portal online
  • Vela para Antônio Cláudio e família

    Elizania

  • pela minha proteção e minha familia ...

    MARAIZA ALEXANDRE FELISBINO

  • ajude me a resolver um grande problem...

    MARAIZA ALEXANDRE FELISBINO

  • Peço pela vida do pequeno Luiz Otávio...

    Ketlhen Ruas

Receba todas as novidades

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.