Por Paulo Teixeira Em São Maximiliano Kolbe Atualizada em 15 OUT 2020 - 15H57

Conheça algumas curiosidades sobre São Maximiliano

É emocionante o desfecho heroico da vida de São Maximiliano Kolbe, mas sua vida toda é um luminoso modelo para os cristãos, sobretudo na maneira como enfrentou as dificuldades




Aparição de Nossa Senhora

Quando criança, após ter aprontado alguma coisa em casa, a mãe de São Maximiliano questionou: “O que será de você, meu filho?”. Ele foi rezar na igreja paroquial e Nossa Senhora lhe apareceu oferecendo uma coroa branca e outra vermelha, indicando a pureza e o martírio de sua vida. Esse fato ficou conhecido somente após a morte de Kolbe, devido ao relato da mãe. Talvez essa fosse a origem do amor íntimo de Kolbe por Nossa Senhora, mas ele compreendeu que era uma experiência particular e transformou a visão em atitudes concretas de atividades e espiritualidade mariana.

Patriota

São Maximiliano Kolbe era polonês, mas na época em que nasceu, 1894, a Polônia estava dividida entre Áustria, Prússia e Rússia. Seus primeiros documentos eram russos. Para ingressar no seminário, ele precisou atravessar escondido a fronteira para a parte controlada pela Áustria. Ser polonês para ele e tantos outros era um gesto corajoso de manter a língua, as tradições e a religião em meio a ambientes adversos.

Intuição e Fundação

A formação de São Maximiliano se deu em Roma. Ali, em janeiro de 1917, se celebravam os 75 anos da aparição de Nossa Senhora ao judeu Afonso Ratisbone que se converteu e tornou-se sacerdote. Neste dia Kolbe intuiu a necessidade de fundar uma associação para conversão das pessoas e combate aos inimigos da Igreja. Em outubro daquele ano, com seis colegas jovens fardes, fundou a Milícia da Imaculada.

Cidade da Imaculada

Em 1927 São Maximiliano fundou a Niepokalanów, como se diz em polonês Cidade da Imaculada. Era um misto de oficina gráfica, convento religioso e cidade do interior. Chegou a abrigar 800 freis, sendo a maior parte irmãos. Havia intenso trabalho na gráfica que produzia milhares de jornais e revistas católicos para diversos públicos. Mas também havia o trabalho dos freis pedreiros, artesãos, jornalistas, dentistas, cozinheiros, bombeiros, sapateiros e tudo o que servia à comunidade e aos vizinhos. E ali era o lugar de formação dos frades com escola e também noviciado.

Doença

Os primeiros anos da Milícia da Imaculada em Roma foram difíceis devido à pandemia da Gripe Espanhola que levou para junto de Deus dois dos primeiros fundadores. Kolbe era de saúde frágil e ainda estudante havia sido diagnosticado com tuberculose. Logo que voltou à Polônia como sacerdote novo, teve que ficar mais de um ano internado em um sanatório.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Paulo Teixeira, em São Maximiliano Kolbe

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.