Viagem

A beleza do Canadá no Inverno

Pronto... Decidido! Vamos viajar para o Canadá para passar o Natal com meu irmão, sua esposa e filhos que moram lá há mais de 10 anos. Nada de extraordinário até olharmos os termômetros

Escrito por MI

18 JUN 2021 - 00H00 (Atualizada em 18 JUN 2021 - 12H10)

06 meu role - junho 2021

Por Imaculada Del Padre


Quando falamos de uma viagem ao Canadá durante o inverno com temperaturas baixíssimas que variam entre -15ºC e -20ºC e podendo chegar até -30ºC, na qual estarão juntas no avião 13 pessoas de uma mesma família, a coisa muda de figura. Meu marido e eu, meus dois irmãos com suas respectivas famílias. Muitos questionamentos precederam a viagem.

Vamos aguentar o inverno congelante de lá? E as roupas que devem ser próprias para esse tipo de temperatura? Comprar? Alugar? Teremos disposição para sair de casa com o frio? E como vamos andar na neve? Que tipo de passeio é possível fazer num inverno como esse?

O meu sonho era ver a neve cair e andar sobre ela. Eu gosto muito do frio, então não haveria problema algum em me deparar com o cenário de inverno do Canadá. Fomos orientados por meu irmão que mora lá no sentido de não levarmos blusas de lã, pois elas não iriam nos proteger do frio. Deveríamos levar calça e camiseta térmica para vestirmos por baixo do “manteau” (casaco de neve) e da calça de neve. Estes e a bota de neve seriam uns dos itens que providenciaríamos no Canadá. Lá, poderíamos alugar, comprar novos em lojas ou usados em um brechó a preços mais acessíveis.

Finalmente, no final de 2019, minha família embarcou para o Canadá para se encontrar com o tio que vive lá. Somos 13 pessoas familiares no Brasil e lá são sete. Quando chegamos no aeroporto de Montreal, a temperatura externa era de -19 ºC. O meu irmão nos aguardava no saguão levando 13 “manteaus” e mais outros itens necessários para sair do aeroporto. No dia seguinte, a primeira providência: comprar casacos e calças de neve, já que deles de penderiam os nossos passeios de inverno. Optamos comprar em um brechó.

Além dos passeios, foi importante para nós realizar as refeições juntos com comidas típicas do Canadá e também italianas, recordando a origem de meus pais que já estão no céu.

Iniciamos o nosso passeio em família visitando o Fort Chambly, um forte situado na margem esquerda do Rio Richelieu, na província de Quebec. Foi construído pelos franceses para defender a entrada dos ingleses no território. Fomos também ao Mont Tremblant, o maior centro de esqui do Leste do Canadá, a 130 quilômetros de Montreal. Visitamos o Oratório de São José do Monte Royal (Oratoire St. Joseph), uma Basílica situada na ladeira do Monte Royal, em Montreal. A construção da basílica foi inaugurada em 1924, e completamente finalizada em 1967. Sua cúpula é a segunda maior desse tipo no mundo, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro no Vaticano, Roma. É a maior igreja de todo o Canadá.

Um outro passeio fantástico foi ao LacStJean, um lago grande e relativamente raso no centro sul de Quebec, a 206 quilômetros ao norte do rio Saint Laurent. E como estava congelado pela neve, pudemos andar sobre ele. De lá, seguimos para Mont Lac Vert, uma estação de esqui, onde fizemos a trilha na floresta com raquete de neve. Vista e passeio fantásticos.

Alugamos um chalé na floresta, na cidade de Alma, a 175 quilômetros da Cidade de Quebec, e provamos a “Tourtière”, um prato típico canadense, feito de carnes exóticas como alce, javali, lebre e bisão.

Caminhamos no subterrâneo de Montreal, mais de 32 quilômetros de shopping, com mais de 1600 lojas e restaurantes, construídos para proporcionar mais comodidade para o turismo no inverno. Por incrível que pareça, no inverno também é possível visitar o zoológico. Estivemos no ZooSauvage de StFélicien, um safari com animais da fauna canadense. Percorremos o local a bordo de um trenzinho, curtindo a beleza da paisagem, a imponência dos animais e sentindo a emoção por ver a neve cair ao longo de todo o percurso.

Estivemos no Hotel de Gelo (Hôtel de Glace), em Valcartier, próximo à cidade de Quebec. Além do hotel ser de gelo, tudo o que tem nele, é feito de gelo. Esse hotel proporciona atividades de inverno, escorregadores de neve, spa, e no verão é um parque aquático.

E para fechar com chave de ouro, fomos ao Illumi Show de luzes de Natal. Uma aventura noturna que deslumbra os visitantes com milhares de estruturas de luzes monumentais.

O Natal de 2019 no Canadá, curtindo a neve ao lado de minha família, foi um dos melhores da minha vida: País lindo e povo acolhedor. Valeu, Canadá! Valeu, família! Obrigada, Deus!




Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por MI, em Viagem

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.