Por Marta Romero Em A Santa Missa

Jesus não está na periferia da nossa vida

Vale à pena seguir Jesus, pois será verdadeira a afirmação Dele: “Quem vive e crê em mim nunca morrerá.”




Transcrição por Marta Guimarães
Edição e Técnica por Gil Brasil

O Evangelho de hoje nos mostra Jesus que veio para todos. Uma mãe, a viúva de Naim, que acompanha o enterro do filho único. Ninguém pode calcular a dor de uma mãe num acontecimento desses: a perda de um filho. Jesus, diz a Palavra, teve compaixão. Essa palavra significa sofrer junto. Jesus não está na periferia da nossa vida. Ele toma as nossas dores e preocupações. Perante a dor dessa mãe Ele foi solidário e mandou parar tudo. Ordenou: “Não chores!” E ao morto: “Levanta-te”. Devolveu o filho à sua mãe. Essa viúva de Naim não poderia ter tido uma alegria maior que esta, ver o seu filho de volta.

A morte será um fenômeno transitório para nós, pois Jesus disse: “Quem vive e crê em mim, nunca morre”. Cristo dá força a nossa vida e dá coragem e esperança. A morte não existe mais. Essa é a certeza de todos os cristãos e consolo para todos que perderam seus filhos, seus pais, seus entes queridos.

Falar pode ser mais fácil do que passar uma essa experiência tão dolorosa. Mas fica o desafio para quem tem fé, tem a confiança ilimitada em Jesus e acredita na salvação.

Hoje Cristo quer falar para todos que já perderam alguém muito querido. Para que enxugue suas lágrimas, pois não podem chorar a vida inteira, pois Ele cuida da nossa vida e ela continua em Cristo. Vale à pena seguir Jesus, pois será verdadeira a afirmação Dele: “Quem vive e crê em mim nunca morrerá.”

Ouça aqui a Santa Missa na íntegra: 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marta Romero, em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.