Nossa Senhora

Mílicia da Imaculada: Muitas vozes, palavras e mãos pela evangelização

O trabalho de diversos colaboradores para a construção dessa obra.

Frei Sebastião (Arquivo MI)

Escrito por Frei Sebastião Benito Qualio

01 NOV 2021 - 00H00 (Atualizada em 01 NOV 2021 - 17H21)

REVISTA-OM-LENDO

A Milícia da Imaculada conta com um verdadeiro exército que luta com as armas do bem pela evangelização. Na sede em São Bernardo do Campo - SP, mais de cem colaboradores animam a programação de rádio, administram a Obra produzem esta revista e também as revistas Jovem Mílite e O Pequeno Mílite, bem como o site www.miliciadaimaculada.org.br.



Toda essa estrutura de evangelização é mantida pelas doações de pessoas de todo o Brasil, que fazem parte deste exército de Nossa Senhora e se dispõem a fazer o bem. Como forma de agradecimento, constantemente rezamos diante do Santíssimo Sacramento pelas intenções dos colaboradores. Além disso, sobre o altar estão os livros Gravados no Coração de Jesus e Eternamente mílites. No primeiro estão os nomes de todos os colaboradores da Milícia da Imaculada e, no segundo, estão registrados os nomes das pessoas que morreram e que intercedem junto a Deus pela Obra.

Lembro-me bem do dia 14 de novembro de 1987. Lembro que foi de noite que realizamos a primeira reunião da Milícia da Imaculada. Nela estavam presentes diversos casais que, após a celebração da Missa, estudaram em grupo sobre Maria na Bíblia. Entre as atividades organizadas ficou estabelecida a busca por horários alugados em emissoras de rádio e a continuação das publicações impressas sobre Nossa Senhora.



34 anos depois, estamos como São Maximiliano Kolbe: com o olhar “constantemente atraído por novos horizontes”. Hoje temos três revistas, mas no início era uma folha impressa. E no futuro breve, o que teremos? Plataformas na internet? Conteúdos digitais? Outras revistas? Produções audiovisuais? A Imaculada nos conduziu e nos conduzirá sempre, essa é a nossa certeza.

Escrito por
Frei Sebastião (Arquivo MI)
Frei Sebastião Benito Qualio

Frei Sebastião Benito Quaglio nasceu em 20 de julho de 1938, em Lendinara, no norte da Itália. Recebeu o nome de batismo Benito Quaglio e, quando emitiu os votos religiosos na Basílica de Santo Antônio (Padova), em 1958, recebeu o nome do mártir São Sebastião. O desejo de evangelizar com Nossa Senhora através dos meios de comunicação sempre permeou sua vida e foi na obra de São Maximiliano Kolbe que ele encontrou um ideal a ser seguido: conquistar o mundo inteiro a Cristo pela Imaculada!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Espiritualidade, em Nossa Senhora

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.