Por Vladimir Ribeiro Em Brasil

Governo anuncia versão digital de diplomas com custo 80% menor

Quem tem o diploma de papel poderá solicitar a versão digital na unidade de ensino superior onde se formou

Divulgação
Divulgação
O modelo digital valerá para cursos de graduação no ensino superior público e privado


Para ter em mãos o tão sonhado diploma, atualmente os estudantes precisam esperar cerca de 90 dias. Mas, com a certificação digital, lançada pelo Ministério da Educação, o acesso ao documento não deve levar mais do que 15 dias.

Além de agilizar e desburocratizar a emissão, a novidade promete combater a falsificação e irregularidades no diploma, que vai ter um QR Code, um código de segurança.

O modelo digital vai valer para cursos de graduação no ensino superior público e privado.

Faculdades e universidades vão ter dois anos para começar a fornecer o documento. Quem tem o diploma de papel poderá solicitar a versão digital na unidade de ensino superior onde se formou.

O Ministério da Educação estima economia de R$ 48 milhões por ano, somente com a adesão das universidades públicas.

A pasta informou que vai acompanhar o processo de implantação do diploma digital. O documento ficará disponível no site da instituição de ensino superior e poderá ser visualizado a qualquer momento de um celular ou computador.

Da Agência Brasil

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.