Por Vladimir Ribeiro Em Brasil

Pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na primeira metade de setembro

Total de requerimentos foi menor que na segunda quinzena de agosto

Divulgação
Divulgação
Porém, os pedidos de seguro-desemprego cresceram 6,7%, até 15 de setembro


Na primeira quinzena de setembro, o governo federal recebeu pouco mais de 218 mil pedidos de seguro-desemprego, o que representa uma queda de 11,6% na comparação com a segunda quinzena de agosto.

O levantamento foi divulgado pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, e considera os atendimentos presenciais – nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e das Superintendências Regionais do Trabalho – e os requerimentos virtuais.

No acumulado do ano, porém, os pedidos de seguro-desemprego cresceram 6,7%, até 15 de setembro, na comparação com o mesmo período de 2019.

Fonte: Radioagência Nacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.