O primeiro grande personagem de Maurício, Bidu, o famoso cachorro azul, foi criado em 1959. A grande estrela, Mônica, só ganhou vida no ano de 1963 e foi inspirada por uma de suas filhas. Ele nunca mais parou; depois dela vieram muitos outros como: Tina, Penadinho, Horácio e todos os outros personagens da turma.
Por Ana Cristina Ribeiro Em Fica a Dica Atualizada em 05 JUL 2019 - 13H23

Turma da Mônica: do bairro Limoeiro para o mundo


FICA DICA - Do bairro Limoeiro para o mundo


Do bairro Limoeiro para o mundo

Hoje, ele conta com uma grande produtora e suas histórias saíram dos gibis e foram parar na TV, nos mangás, na internet, no teatro, em rótulos de produtos e nas telonas do cinema. Dezenas de profissionais trabalham todos os dias para trazer muita alegria e inovação para seus leitores, não só do Brasil mas do mundo inteiro.


O primeiro grande personagem de Maurício, Bidu, o famoso cachorro azul, foi criado em 1959. A grande estrela, Mônica, só ganhou vida no ano de 1963 e foi inspirada por uma de suas filhas. Ele nunca mais parou; depois dela vieram muitos outros como: Tina, Penadinho, Horácio e todos os outros personagens da turma.


A Turma da Mônica se tornou tão popular que podemos chamá-la quase de patrimônio nacional. Com certeza seus pais e avós não só conhecem mas também leram os famosos gibis. O grande nome por trás deste clássico, no Brasil, é Maurício de Sousa, um cartunista filho de pais artistas que sempre foi apaixonado por desenhos. Até quando trabalhava como repórter policial, ele dava um jeitinho de envolver suas ilustrações nas matérias.


Se você recebeu esta revista, com certeza gosta de história em quadrinhos. Sabia que elas tem um dia só delas? É isso mesmo. Dia 30 de janeiro se celebra o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos e, por isso, vamos falar de alguém muito especial.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Ana Cristina Ribeiro, em Fica a Dica

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.