Por Vladimir Ribeiro Em Recado de Vida Atualizada em 08 ABR 2021 - 11H51

O dom de reconhecer o Cristo Ressuscitado

Jesus Ressuscitou para uma nova vida e só podemos reconhece-Lo por meio da fé

Pixabay
Pixabay


No Evangelho desta Quarta-feira da Oitava da Páscoa, naquele mesmo dia, o primeiro da semana, dois dos discípulos de Jesus iam para um povoado chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém. Conversavam sobre todas as coisas que tinham acontecido.

Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles. Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram. Então Jesus perguntou: “Que ides conversando pelo caminho?” Eles pararam, com o rosto triste, e um deles chamado Cléofas, lhe disse: “Tu és o único peregrino em Jerusalém que não sabe o que lá aconteceu nestes últimos dias?”.

Ele perguntou: “Que foi?” Os discípulos responderam: “O que aconteceu com Jesus, o Nazareno, que foi um profeta poderoso em obras e palavras, diante de Deus e diante de todo o povo. Nossos sumos sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. Nós esperávamos que ele fosse libertar Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que todas essas coisas aconteceram! É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos deram um susto. Elas foram de madrugada ao túmulo e não encontraram o corpo dele. Então voltaram, dizendo que tinham visto anjos e que estes afirmaram que Jesus está vivo. Alguns dos nossos foram ao túmulo e encontraram as coisas como as mulheres tinham dito. A ele, porém, ninguém o viu”.

Então Jesus lhes disse: “Como sois sem inteligência e lentos para crer em tudo o que os profetas falaram! Será que o Cristo não devia sofrer tudo isso para entrar na sua glória?” E, começando por Moisés e passando pelos Profetas, explicava aos discípulos todas as passagens da Escritura que falavam a respeito dele.

Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adiante. Eles, porém, insistiram com Jesus, dizendo: “Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando!” Jesus entrou para ficar com eles. Quando se sentou à mesa com eles, tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e lhes distribuía.

Nisso os olhos dos discípulos se abriram e eles reconheceram Jesus. Jesus, porém, desapareceu da frente deles. Então um disse ao outro: “Não estava ardendo o nosso coração quando ele nos falava pelo caminho, e nos explicava as Escrituras?” Naquela mesma hora, eles se levantaram e voltaram para Jerusalém onde encontraram os Onze reunidos com os outros. E estes confirmaram: “Realmente, o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão!” Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão.

Em sua reflexão do Evangelho, Padre Chico Silveira questiona o motivo dos discípulos não reconhecerem e explica que isso ocorre porque a ressureição de Jesus não foi uma volta vida anterior. “Ele está vivo, mas não pode ser reconhecido e tocado por aquele que quer. Ele só pode ser reconhecido pela fé. Pela capacidade que Deus cria em nós. Isso é dom”, explica

Acompanhe a reflexão completa sobre o Evangelho deste dia 07 de abril, com Padre Chico Silveira no Programa Recado de Vida:

Confira a reflexão na íntegra clicando em Homilia na página da nossa Liturgia diária, e compartilhe em suas redes sociais.

O programa Recado de Vida vai ao ar, pela Rádio Imaculada, de segunda-feira a sábado, das 5h às 6h (horário de Brasília), e aos domingos, das 5h às 7h, com a oração do Terço da Misericórdia às 6h. Ouça também aqui no portal da MI e pelo aplicativo Milícia da Imaculada (Android e iOS). O programa está acessível também pelas nossas emissoras de rádio (1490 AM, na Grande São Paulo; 107,1 FM, em Atibaia - SP, 97,3 FM, em Maceió - AL e 580 AM, em Campo Grande - MS).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em Recado de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.