Por Nathalia Silva Em Família Consagrada Atualizada em 28 NOV 2019 - 15H19

Um sonhador

Eu sou um sonhador e meu sonho é agradar a Deus.

Arquivo MI
Arquivo MI
53 anos de sacerdócio

Gostaria que Ele fosse feliz por mim. Não para me orgulhar, mas para que Ele pudesse dizer um dia: Sou feliz por ter feito e chamado você. Agora percebo no dia a dia que estou tão longe de ser aquilo que Deus merece. Estou aqui pensando dia e noite na minha missão. Eu sei de onde vim, sei que eu sou limitado em muitas coisas, mas aprendi que Deus faz as suas coisas grandiosas a partir das pequenas coisas, porque Ele quer que se manifeste o Seu poder através da disponibilidade do ser humano.

Gostaria de muito que Deus pudesse olhar estes meus limites e pudesse me dar uma chance para, com Maximiliano Kolbe, poder trazer a Ele todos os homens. Em primeiro lugar junto com aqueles que Ele me deu, meus colaboradores. Os homens, mulheres, jovens. E construir aqui no Brasil e no mundo toda uma infraestrutura carregada de amor, de fé. Para que nenhum homem na face da terra pudesse ser excluído do anúncio da Boa nova e sacudido também por uma provocação tão bonita, pois cada um recebe uma chance para ser feliz.

Deus não veio cobrar ao homem coisas impossíveis, Ele não é um fiscal, nem um ditador. É amor de pai, de mãe que quer que todos sejam seus filhos, felizes. Portanto, revelar aos homens este segredo que cada um é precioso aos olhos de deus. É a coisa mais importante da criação. A alegria de Deus é a felicidade de cada ser humano. Ele não quer perder nenhum.

Exatamente eu queria ter tudo nas mãos só para isso. Não em minhas mãos. No coração de todos aqueles que entendem este sonho. Eu entendo que Nossa Senhora me pegou e colocou dentro de mim um pouco daquilo que Maximiliano tinha. Por isso sonho dia e noite e não me sinto feliz, porque ainda estou longe. Vejo bilhões de pessoas que vivem sem Deus, sobretudo sem perspectiva da eternidade. Porque não tem a alguém que chegue perto e mostre o futuro, o sentido a existência humana. Por isso, não me sinto feliz. Eu queria conseguir toda infraestrutura para que o mundo fosse inundado desta mensagem que nenhum homem ficasse ausente de ouvi-la e de senti-la insistente ao ponto de não se sentir tranquilo até dar uma resposta de amor. É isso aí.

Sou um sonhador. Às vezes me sinto frustrado porque vejo meus limites, mas não quero me entregar. Você e outras pessoas fazem parte deste sonho. Nunca desista. Quando tiver momentos de chutar tudo, lembra que é bom se sentir inúteis para não se considerar inúteis e então agir. Precisamos construir uma nova MI. Substituir o que é velho por coisas novas. O entusiasmo tem que ser diário. Um entusiasmo que dispensa tudo quanto podemos considerar sofrimentos, angústia. O entusiasmo de quem que viver e fazer viver e tornar o mundo de Deus. É para lá que quero ir.

Frei Sebastião Benito Quaglio, OFMConv.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Nathalia Silva, em Família Consagrada

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.