Por Vladimir Ribeiro Em Noticias

Empresas proibidas de vender consignado

Nove correspondentes bancários tiveram a licença caçada. Outros 238 foram notificados e 104 tiveram os serviços suspensos temporariamente

Divulgação
Divulgação
O máximo pago pelo seguro-desemprego é R$ 1.643,72


A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Associação Brasileira de Bancos (ABBC) proibiram nove empresas de oferecerem empréstimo consignado. Os correspondentes bancários foram punidos por abuso e assédio comercial na hora de ofertar o crédito, especialmente contra aposentados e pensionistas.

A determinação foi baseada no número de reclamações registradas na plataforma “Não me Perturbe”, no Banco Central e nos Procons em todo país. Não podem mais ofertar crédito consignado os correspondestes: Credmais, Provisão Vendas, FSunglass, M Lessa Serviços, Agrice Rodrigues de Araújo, Atitude MG, WG Serviços Cadastrais, MJ Serviços Cadastrais e Otimize.

Além deste bloqueio, mais 238 correspondentes bancários foram notificados por irregularidades e 104 tiveram os serviços suspensos temporariamente. As instituições bancárias que permitirem a representação pelas empresas suspensas ou canceladas deverá pagar multa de até R$ 1 milhão.

Fonte: Mais News

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto