Por MI Em MI

O entusiasmo de vida de Frei Sebastião

“Nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas” Cora Coralina

Divulgação
Divulgação


Marisa Vieira
Missionária da Imaculada-Padre Kolbe e Psicóloga

No dia 20 de julho vamos celebrar o dom da vida do Frei Sebastião Benito Quaglio. Todas as vezes que leio esta linda frase da nossa poetisa brasileira Cora Coralina, reflito sobre o testemunho de vida entusiasta e incansável do Frei Sebastião. Ele toca o coração de tantas pessoas, sejam elas crianças, adultos ou jovens, nos encontros pessoais ou pelos meios de comunicação.

Quem conhece o “Frei” - é assim que carinhosamente as pessoas o chamam - sabe que em cada ação ou gesto que realiza coloca todo o seu ser de sacerdote apaixonado pela Eucaristia e por Nossa Senhora. É impossível ouvir o Frei sem ser tocado pelo seu amor incondicional pela missão que assumiu e pelo ardor missionário que transmite.

Ele, com perseverança e força admirável é verdadeiramente o missionário do Evangelho a ponto de planejar e idealizar o complexo de evangelização que é a Milícia da Imaculada e dar vida ao Instituto Missionários da Imaculada - Padre Kolbe.





Além de grande empreendedor, ele olha com ternura para cada pessoa que encontra, quase que “entende” instantaneamente o que ela realmente precisa naquele momento, revelando-se um diretor espiritual amoroso e acolhedor. Quantas pessoas a gente ouve dizer que aprenderam a amar Nossa Senhora com o Frei e, de fato, essa missão ele assumiu ao vir para o Brasil como missionário para encaminhar todos ao coração de Jesus através da Consagração à Imaculada, e usando todos os meios atuais à disposição, a exemplo de São Maximiliano em seu tempo.

Agradecemos primeiramente a Deus e a Nossa Senhora, por ter em colocado em nossas vidas este grande amigo e pai espiritual. Agradecemos ao Frei Sebastião por testemunhar que viver a vida não é simplesmente viver os dias que passam, mas é saber fazer cada dia único e irrepetível; é comunicar a cada irmão que está ao seu redor a beleza deste lindo dom de viver. Viver em plenitude, viver com e para o outro. Parabéns, Frei, e obrigado por “tocar o nosso coração” com sua espiritualidade e amor.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por MI, em MI

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.