Por Espiritualidade Em A Santa Missa

Ajoelhe-se!

Na Santa Missa de hoje (18), Padre Eliano (MIPK) meditou sobre a necessidade de nos ajoelhar quando nos cansarmos na caminhada de evangelização




O Padre Eliano Bispo de Sousa (MIPK) presidiu hoje a Santa Missa, no Oratório Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (1Sm 16,1-13) e o Evangelho de hoje (Mc 2,23-28).

Padre Eliano, em sua homília, destacou que somos consagrados a Imaculada para missão de evangelizar, que é algo que deve brotar do amor.

No Evangelho, Jesus disse: “Eu não vim abolir a lei, dar seu pleno cumprimento”. Nossa lei precisa ser o amor! Este precisa ser o nosso mandamento.

A gente sabe que falar é fácil, mas viver o amor é difícil. Às vezes nosso jeito de ser, nosso temperamento nos atrapalham e nos dificulta a aproximar do outro. Também os santos viveram isso.

São Francisco de Assis, São Maximiliano Kolbe e tantos outros, foram homens com um temperamento muito forte, mas por amor foram além. O amor nos liberta e nos transforma. O amor sempre deve estar em primeiro lugar.

Quando a gente ama, a gente sente tudo diferente. Buscar fazendo o bem e viver em paz na lei do amor vale a pena. Jesus passou entre as pessoas fazendo o bem. O pecado nos afasta de Deus, mas também pode nos aproximar Dele, pois quando nos reconhecemos pecadores, precisamos do amor que não é amado, que é Deus.

São Maximiliano, um homem que deixou tudo, pai, mãe, família, bens, herança, deixou tudo e partiu para a aventura de conquistar o mundo inteiro a Cristo pela Imaculada, é um exemplo para que nunca esqueçamos que somos consagrados a Imaculada para evangelizar e fazer aquilo que Jesus fez.

Que essa seja a realidade da nossa vida e você não desanime da caminhada. Se estiver difícil andar e ficar em pé, ajoelhe-se, reze e peça a intercessão de Nossa Senhora, ela como mãe vai dar as graças para continuar a caminhada de fé, rumo ao amor que não é amado.

Transcrição Marta Romero


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Espiritualidade, em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.