Por Vladimir Ribeiro Em A Santa Missa

Nossa missão é amor

Na Celebração da Palavra desta sexta-feira (21), Padre Eliano Bispo de Sousa (MIPK) meditou sobre a missão que Deus nos dá




Padre Eliano Bispo de Sousa (MIPK) presidiu hoje (21) a Celebração da Palavra, no Oratório Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (1Sm 24,3-21) e o Evangelho de hoje (Mc 3,13-19).

Padre Eliano no lembra que a Igreja celebra hoje a Festa de Santa Inês. No Evangelho de hoje Jesus nos chama para a missão e Ele chamou aqueles que quis. Nós sabemos já meditamos sobre isso, que a vocação é um chamado de Deus para uma missão.

Estar com o mestre é aprender com Ele; viver como Ele e como Ele anunciar a Sua Palavra. Devemos estar sempre atentos e disponíveis a vontade de Deus, para isso é preciso muita coragem e muita perseverança. Para seguir Jesus é necessário enfrentar desafios.

Amar o próximo como a si mesmo, parece fácil, mas não é. Será que temos tido o cuidado conosco? Será que nos amamos? Em primeiro lugar temos que nos entender e nos amar, para podermos seguir Jesus e amar o próximo.

Não podemos seguir Jesus se não nos amamos. Pela oração podemos atingir o amor mais facilmente. Quando estou no mundo de Deus é mais fácil saber amar, pois Ele mesmo nos ensina a saber quem somos e a nos ensina a amar.

A oração é uma comunhão com Deus, devemos praticá-la de forma sincera. A conversão também faz parte da nossa missão e é necessário que seja continua, pois somos pecadores, nós erramos, nos afastamos do caminho, mas o arrependimento nos coloca de novo no caminho certo.

Deus sempre nos chama de novo, Ele nunca desiste de nós. Anunciar o Evangelho faz parte da nossa missão. O nosso testemunho é muito valioso, as pessoas pedem orações para nós, porque sabem que fazemos parte de uma obra de evangelização, eles acreditam que estamos mais perto de Deus.

Nós esquecemos dessa proximidade e cobramos de Deus que seja feita a nossa vontade e não a Dele. Porém, o importante é estarmos disponíveis sempre para voltar a casa do Pai.

Vamos pedir a intercessão de Santa Inês, que foi tão radical no seguimento de Jesus, que possamos abraçar a nossa missão com muita dedicação e amor.

Transcrição Marta Romero

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vladimir Ribeiro, em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.