Por Frei Sebastião Benito Quaglio Em A Santa Missa

Somos feitos para a glória de Deus

Na Santa Missa desta terça-feira 20), Frei Sebastião destaca que somos feitos para a glória e louvor a Deus




O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv) presidiu hoje a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (Ex 14,21-15,1) e o Evangelho de hoje (Mt 12,46-50).

Frei Sebastião destaca que no início da formação de um padre, é apresentado um Deus que ficava sempre nos controlando, fiscalizando e falavam muito de inferno. Assim, crescemos com uma dimensão de angústia e medo.

Em um dado momento de crise, eu queria deixar tudo, mas tive uma experiência com Nossa Senhora que mudou tudo. Aquele medo e angústia de Deus se tornou ternura e confiança.

O encontro com Nossa Senhora quebra as barreiras da angústia, do medo e da solidão. Ela nos ensina quem é Jesus e como chegar a Ele. Com Jesus entendemos quem é Deus, e avançamos com ela, chegando no mistério de Deus, que é a Santíssima Trindade.

Então navegamos neste mistério como se fosse a nossa habitação permanente e vivemos nesse mergulho em Deus. A humanidade inteira veio de Deus. “Antes da criação do mundo, Deus nos escolheu para sermos seus filhos adotivos em Jesus Cristo para o louvor da sua glória”.

A Santíssima Trindade nos deixa mais perto de toda a humanidade, sentimos as dores, as angústias e sobretudo percebemos qual é o rumo que a humanidade tem que percorrer.

Esse é o grande sentimento missionário, eu não digo que nos incomoda, mas não nos deixa sossegados, porque sentimos que não podemos deixar nenhuma pessoa fugir dessa realidade, também nós somos responsáveis.

São Maximiliano Kolbe teve essa mesma experiência. Por isso, ele concebeu esse projeto de “conquistar o mundo inteiro a Cristo sob a proteção e mediação da Imaculada”, do qual fazemos parte.

O mundo é grande e precisa de nós. A fé, a esperança e o amor nos impulsionam para chegar a meta que nos apaixona, a evangelização da humanidade e não estamos sozinhos estamos com Nossa Senhora.

Transcrição Marta Romero




Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.