Por Frei Sebastião Benito Quaglio Em A Santa Missa

Ver com os olhos de Deus




O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv) presidiu hoje a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (Tb 11,5-17) e o Evangelho de hoje (Mc 12,35-37).

Em sua homília, Frei Sebastião destaca que na primeira leitura lemos que Tobias, o filho e a esposa estão lendo a própria história à luz do Senhor, pois eles se sentem nas mãos de Deus. Tobias, até na hora da dor, mergulhou em Deus. Quem imerge no Pai sabe ler a vida de uma forma diferente.

Fazemos um caminho litúrgico e queremos que essa liturgia seja uma realidade permanente em nossa vida. Os acontecimentos não devem ser etapas que passam. Nossas intenções precisam continuar, precisam enriquecer a nossa existência.

Tudo isso tem um centro que é Jesus!

No Evangelho, Jesus defende a própria identidade, Ele não é um simples descendente de Davi. Ele é realmente o próprio Deus que se encarnou para estar entre nós e nos envolver com o seu amor para o nosso destino final, que é estar com Ele para sempre na eternidade.

Temos que acolher a nossa realidade com fé, saber ler a presença de Deus na nossa vida. Esse Deus se manifestou por meio do seu Filho, Jesus Cristo. Ele não está longe de nós, mas sim conosco.

Como o ar que nos rodeia está em todo o lugar e não podemos tampar o nariz e fechar a boca porque precisamos dele para viver. Assim é quando estamos mergulhados em Deus.

Jesus é o caminho, a verdade e a vida. Ele nos alimenta com a Eucaristia. Portanto, nossa vida tem que ser um hino de amor e sentir que Deus está realmente conosco. Que nossa vida é preciosa, que tudo aquilo que acontece tem um sentido.

Será que podemos ler com olhos de fé essa pandemia? Essas lágrimas de tantas famílias? Com os olhos de Deus acabamos sendo iluminados, vemos o mundo de outra maneira.

Jesus não é o filho de Davi, é o próprio Deus que está conosco, que nos alimenta e nos dá força. Ele nos dá o dom do Espírito Santo para tornar nossa vida plena.

Transcrição Maria Paula Maximo





Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.