Por Frei Sebastião Benito Quaglio Em A Santa Missa

A verdadeira paz de Jesus

Na Santa Missa desta segunda-feira (12), Frei Sebastião fala sobre a importância de encontrarmos a verdadeira paz de Jesus em nossas vidas

Pixabay
Pixabay


O Frei Sebastião Benito Quaglio (OFMConv) presidiu hoje a Santa Missa, no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe, em São Bernardo do Campo, São Paulo, e comentou a Primeira Leitura (Ex 1,8-14.22) e o Evangelho de hoje (Mt 10,34-11,1).

Frei Sebastião inicia sua homilia destacando que nem parece o mesmo Jesus que está falando hoje, mas Ele vai ser sempre o mesmo. Nós temos que entender o seu jeito de se, Ele quer salvar a todos.

Qual é o preço que Ele pagou para isso? A morte na cruz morte na cruz. Ele não quis se entregar no caminho deste mundo. Ele não se conformou, queria a verdadeira vida para todos. Cristo fala que não podemos nos deixar vencer pelas dificuldades.

O primeiro mandamento todos sabem: “amar a Deus acima de tudo”. Não são simples palavras, mas uma atitude radical de vida. Muitos não querem seguir o verdadeiro caminho de Jesus, querem se usar da religião para conseguir atender aos seus interesses. Muitas vezes rezam para que Deus faça as suas vontades e não o contrário.

Quando estamos dirigindo, temos que observar tudo, o trânsito, o caminho e até os radares. Ninguém gosta do radar, mas é um alerta, temos que tomar cuidado. A mãe que cuida dos filhos não deixa que eles façam tudo o que querem, porque seria um desastre.

Jesus promete a verdadeira paz. Aceitando o projeto Dele, passamos a sentir serenidade. Quando o coração está em paz, enfrentamos qualquer tipo de desafio, porque esta é a verdadeira paz.

Diante da guerra deste mundo, não podemos ficar nos esquivando e nos escondendo para deixar que os outros façam o que querem. Devemos lutar a partir de casa, na família, mesmo que haja contrariedades.

Temos que lutar para permanecer na nossa fé e conquistá-la para Deus. A paz de Jesus é a sintonia com Ele, mesmo nas dificuldades. Estando com o Filho de Deus e com Nossa Senhora não podemos amolecer para facilitar a nossa vida e a vida dos outros.

Sim é como uma guerra contra o mal, Satanás, preguiça, o egoísmo e tudo aquilo que não é de Deus. Isso é a verdadeira paz, ter a presença de Jesus e de Nossa Senhora na nossa vida, para sentir uma grande força na luta para conquistar a paz.

Transcrição: Marta Romero





Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Frei Sebastião Benito Quaglio , em A Santa Missa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.