Por MI Em Viagem

Super dicas de passeios em Nova Iorque

Nova Iorque, na costa leste dos Estados Unidos, é um cenário encantador para filmes e para passeios. Vamos conferir dicas para aproveitar bem a viagem a essa cidade


Divulgação
Divulgação


Gil Oliveira
Guia turístico nos EUA

Sou Gil Oliveira, sou brasileiro e nos anos 1980 fui para a Europa trabalhar em navios. Depois, me encantei com os Estados Unidos e escolhi a dedo Nova Iorque para viver. Era um garotão e tinha disposição para fazer tudo. Trabalhei em restaurantes, estudei turismo, fui comissário de bordo, me tornei um cidadão americano e comecei a trabalhar para algumas empresas. Tornei-me guia turístico e tenho muito prazer nessa atividade. Abri minha empresa que recebe turistas, sobretudo brasileiros. Gosto de levar turistas para conhecer coisas muito peculiares de Nova Iorque.

Durante a pandemia me reinventei e também trabalho no ramo da arte, colaborando com uma galeria. Agora viajo por todo o país também a serviço dessa galeria de artes. Adoro receber brasileiros aqui. Por ser minha língua e o meu povo, culturalmente falando, vou direto ao ponto do que o brasileiro quer ver. Sei o que o brasileiro tem interesse. Acompanho todos com humor e mostro o que realmente gostam. Em duas horas com uma família já identifico o perfil e mostro o que gostam. Tenho imenso prazer em receber porque consigo me comunicar e me dar super bem.

Cada cidade tem suas atrações especiais. Para quem for visitar a cidade em que trabalho há tantos anos, Nova Iorque, lembro que é importante escolher um hotel de fácil locomoção. Tem gente que para economizar algumas doletas fica em bairros mais distantes, mas gasta uma fortuna em transporte.

Divulgação
Divulgação
Vista área da Ilha de Manhattan e Rio Hudson

Às vezes a gente fala de economizar US$50 dólares nas diárias de hotéis, mas para sair de noite se gasta entre US$50 e US$70 dólares em táxi. Em Manhattan, a ilha na baía do rio Hudson, que concentra os principais pontos turísticos, é bom evitar o Metrô porque é um pouco confuso, vem de um lugar ao outro e passa por Manhattan. É melhor ir a pé porque até se encontrar no Metrô leva uns três dias de passeio.

Em Nova Iorque é necessária mais de uma semana para conhecer todas as atrações na ilha de Manhattan. Há um leque de opções e nesse período pós-Covid tem muitas atrações novas para quem já visitou vale a pena ir de novo.

Uma peculiaridade de Nova Iorque é a proximidade das coisas. Em São Paulo, por exemplo, precisamos viajar umas duas horas de carro para chegar a São Roque, cidade dos bons vinhos. Em Manhattan, tem lá mesmo bons lugares. Outra coisa interessante é que Nova Iorque é completamente distinta no inverno e no verão. É como se fossem duas cidades diferentes. O que se faz em uma, não se faz na outra.

Esses pontos turísticos de Nova Iorque são fundamentais para quem vai pela primeira vez e sempre legais para voltar.

Precisa perder uma manhã inteira no Central Park. Na década de 1980 era perigoso até passar na calçada, mas agora é outra coisa. Tem também bicicletas para aluguel, e assim dá para passear.

Hudson Yards é uma coisa que revolucionou a cidade. Inaugurado recentemente, é um prédio de 80 andares que tem um mirante de onde dá para ver tudo. O chão também é de vidro. É bárbaro, é o que há no momento. Nova Iorque tem diversos memoriais.

Divulgação
Divulgação
Luzes marcam local onde estavam as torres gêmeas

Tem o grau zero onde havia as torres do World Trade Center. Eu não entrava no museu, numa ocasião foi necessário e entrei. Fiquei chocado, mostram a tragédia de uma forma chocante e importante para termos conhecimento.

Indico aqui outras três cidades interessantes para visitar nos Estados Unidos. Orlando, onde tem a Disney, não conta porque é praticamente uma parada obrigatória para quem viaja com crianças.

Moro em Nova Iorque há 30 anos e acho a principal cidade, mas tem outras fantásticas como São Francisco. No meio da pandemia, com as restrições, as administrações aproveitaram para fazer obras na cidade. São Francisco está renovada e vale uma visita.

Outra cidade é Denver, no inverno tem boas estações de esqui que no verão são parques abertos. San Diego, na Califórnia, também é legal e vale a pena visitar.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por MI, em Viagem

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.